domingo, 28 de fevereiro de 2010

Rio ganha ‘helicóptero verde’ para fiscalização ambiental


Equipamento custou R$ 5 milhões e ficará em Niterói.
Aeronave também ajudará no combate a incêndios.

Do G1, no Rio

O ministro Carlos Minc testa o novo 'helicóptero verde', que ajudará no monitoramento ambiental do estado (Foto: Priscilla Massena/G1)
O Rio ganhou nesta sexta-feira (26) um “helicóptero verde”, que vai ajudar no monitoramento ambiental do estado. A aeronave - adquirida pelo Instituto Nacional do Meio Ambiente (Inea) - vai ser usada na detecção de crimes ambientais, desmatamentos e construções irregulares em áreas protegidas.

Para o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que participou da cerimônia de entrega do helicóptero em Niterói, na Região Metropolitana, a fiscalização será reforçada.

"O helicóptero dá outra possibilidade. Eu vou de helicóptero toda semana para a Amazônia cuidar do desmatamento e o Rio vai ser muito mais fiscalizado" disse o ministro.

Bolsão de água

A aeronave conta ainda com um bolsão de lona que capta água e leva para outras regiões. A capacidade do dispositivo é de 900 litros e será útil no combate a incêndios florestais em locais de difícil acesso.

Segundo o presidente do Inea, Luiz Firmino Martins, na reserva biólogica Poço das Antas, em Silva Jardim, que está pegando fogo há quatro dias, foi feito um teste na quarta-feira (24) para ver como funcionava a aeronave.

Logo após a cerimônia, seria iniciada a primeira operação oficial realizada com o helicóptero. A operação, que conta com a ajuda do Batalhão de Operações Especiais (Bope), vai destruir uma pista de pouso clandestina construída em uma área de restinga, em Maricá, na Região Metropolitana do Rio.


Fonte: "G1 - Portal da Globo"

Um comentário:

SOS imbé disse...

Parabéns para o Batalhão de Policia Floresta e do Meio Ambiente, que este helicóptero ajude também na fiscalização da região do Imbé.