domingo, 10 de maio de 2009

Batalhão de Polícia Florestal apreende seis balões em São Gonçalo

Raphael Martiniano

Policiais do Batalhão de Polícia Florestal e Meio Ambiente (BPFMA) da Polícia Militar apreenderam, na manhã deste domingo, seis balões – sendo um de 12 metros, dois de seis metros, um de quatro metros e outro de dois metros – em dois terrenos nos bairros Monjolos e Ipiíba, em São Gonçalo. Cerca de 10 militares participaram das ações e ninguém foi preso.

De acordo com o batalhão, em Monjolos foram encontrados quatro balões, duas buchas e uma bandeira. Em Ipiíba, em um espaço descampado, os policiais acharam dois balões e uma bandeira, além de duas buchas e um maçarico.

Nos dois locais os balões estavam sendo preparados para serem soltos, mas com a chegada dos policiais, todos que estavam nos locais fugiram. O material apreendido foi levado para o batalhão, no Colubandê.


Fonte: "Jornal O Fluminense"

Um comentário:

tieider disse...

Vi esta matéria no Jornal Atual de 08/05


POLÍCIA IMPEDE AÇÃO DE BALOEIROS
O balão (não) vai subindo...

Soltar balão é crime. E a lei não é de hoje. Mas a prática foi ignorada por sete homens em Seropédica. Bonitos para enfeitar o céu, sua consequência ao cair geralmente provoca incêndios florestais, industriais e outros tipos de acidentes.
Através de uma denúncia anônima, policiais do Batalhão de Polícia Florestal e de Meio Ambiente (BPFMA) conseguiram prender os suspeitos, além de material para preparar balão e camisas de clube de baloeiros: dois botijões de gás, dois maçaricos, uma cangalha, 150 dispositivos de laser, uma bucha de algodão, 10 pavios, rolo de barbante.
A denúncia chegou ao batalhão ainda pela manhã, dando conta que seria realizado um evento à noite na cidade. Como não sabiam o local exato, os policiais aguardaram o aparecimento de balões no céu para chegar aos baloeiros. Por volta das 23h30min começaram a subir os primeiros balões facilitando o trabalho dos policiais.

Um menor no grupo
Os policiais foram até a Avenida João Ferreira, local conhecido como Quinta da Cininha, e encontraram as pessoas prontas para soltar um balão de aproximadamente 4m de altura. Eles foram identificados como Adailton Felix Andrade, de 24 anos; Wilker Diego Alves da Silva, de 19; Expedito Ferreira da Silva Junior, 20; Jocemar Amaro de Paula, de 55 anos; Jânio Gabriel Ribeiro Moraes, de 19; pedreiro Robson Bias de Oliveira, também de 19 anos. Um outro jovem de 17 anos também foi detido pelo BPFMA. O caso foi registrado na 50ª DP (Itaguaí).